CUMPRINDO UMA VELHA PROMESSA (1ª PARTE)
Existem coisas na vida que são muito curiosas:as promessas por exemplo.Foram feitas para serem cumpridas,senão perdemos o crédito.

Agora,imagine se essa promessa foi feita pra você mesmo.Se não for cumprida você deixa de acreditar em você.

Pois bem,partindo desse princípio,eu vou escrever(logo mais) sobre uma promessa que eu fiz pra mim mesmo mais ou menos em 1992:assistir ao show do Pearl Jam.

Aguardem a próxima postagem...
IMBECILIDADE...
O que leva uma pessoa à ferir alguém?
E matar?Já parou pra pensar o que leva uma pessoa a matar outra?

Nada justifica.Mas existem casos que são menos justificáveis.Por exemplo,o que aconteceu(novamente)no domingo 16/10/2005.
Novamente um Clássico do futebol:Corinthians e Palmeiras. Dois clubes tradicionais de SP. E alguns imbecís disfarçados de torcedores fizeram o seu tradicional passatempo:guerrear,ferir,matar. E o que é pior:SEM NENHUM FUNDAMENTO.

No momento no combate(não estou falando do jogo e sim da imbecilidade que foi promovida antes do pontapé inicial)eu estava no bairro da Penha,no assistindo uma apresentação do Teatro Mágico.E o líder da trupe,Fernando Anitelli,comentou o fato de alguns assistirem o espetáculo sentados e outros,mais elétricos,assistirem de pé.Ele usou a seguinte observação para ilustrar o fato dessa "divisão" ocorrer de maneira harmoniosa:"Que bom ver que a Zona Leste está em paz!!".Mal sabiamos que,há alguns quilômetros dali, o Tatuapé era um campo de guerra.Bombas caseiras,rojões,pedaços de cano e outros "brinquedos" estavam nas mão dos "torcedores".Mas afinal,o que faz um torcedor se dirigir ao estádio com esses "brinquedos"?Ah,claro,são os tais Pseudo-torcedores.Por que um cara não vai pra um estádio armado.Palo menos com essas armas.

A arma do torcedor é a paixão pelo time.É a camisa,que pode ser oficial ou não.

Como saldo,um rapaz morreu.Não importa se era Corinthiano,Palmeirense,São Paulino,Santista,Budista,Católico,Protestante,Macumbeiro,Judeu ou Ateu.O que importa é que cada vez menos as pessoas de bem vão aos estádios.Ainda mais nos Clássicos.Fica uma sensação de perigo no ar.Em dias assim ,a camisa do clube que é muitas vezes comparado à um manto sagrado,fica guardada na gaveta.Por que antes de amar a camisa do clube de coração,temos que amar a nossa própria pele.Assim como a pele do outro,que nós nem sabemos quem é.
Será que esses pseudos-torcedores não tem convívio social?No seu círculo de amigos(se é que elas tem amigos) não existem torcedores de outros times.E parentes que torcem para os outros times?Eles matariam esses também?

Espero ver chegar o dia em que tudo volte ao normal,quando tudo se limitava as gozações entre os torcedores dos times adversários.Se bem que cada dia acredito menos nisso.

Será que não poderia ser como no filme 'O Casamento de Romeu e Julieta",onde a rivalidade entre Corinthians e Palmeiras é uma coisa , no mínimo, civilizada?
Olá!!!

Estou iniciando esse blog com a intenção de pôr pra fora algumas idéias e alguns ideais.

Espero contar com a colaboração de todos os interessados para que possamos criar um ambiente saudável e inteligente na rede.

Como esse é apenas um teste,não vou prolongar o texto,mas assim que der um"estalo',volto á escrever.Vou tentar fazer isso uma vez por semana.

Obrigado e até mais.!!!!
[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, ITAIM PAULISTA, Homem, de 36 a 45 anos, Música, Arte e cultura, Futebol

 
Visitante número: