MATA MATA

 

     O Brasil começa hoje, encarando o Chile, a sua caminhada na segunda fase da Copa do Mundo. A Seleção se classificou em primeiro lugar no grupo e mesmo sabendo que, numa Copa o que vale é o resultado, eu ainda não estou satisfeito com o time. Digo isso baseado nos jogos que vi das outras seleções (onde destaco Alemanha e Argentina) que jogaram com mais raça do que o Brasil.

     Portanto, fico na torcida para que o Brasil, além de passar pelo Chile (outro time raçudo), mostre mais do que mostrou até aqui.

FUTURO?

 

     Trilhando por palavras escritas por Drummond, encontrei isso:

    O futuro pertence a Deus, que não sabe onde o escondeu.

    Simples assim.

INÍCIO CANARINHO

 

     Hoje, depois de quatro dias do início da Copa do Mundo na África do Sul, acontece o primeiro jogo do Brasil, que estréia contra a Coréia do Norte. Pela lógica do futebol (que muitas vezes não tem lógica), o Brasil passa fácil por esse adversário. O problema é que essa Copa começou com cara de Rockgol, o torneio de futebol disputado por bandas na MTV: já aconteceram dois frangos, gol contra, lances estranhos, quase cômicos, ou seja, muita lambança. Alguns colocam a culpa na Jabulani, outros uns dizem que são os ancestrais espíritos zombeteiros africanos, mas eu espero que nada aconteça de estranho com a Seleção Brasileira nessa caminhada por mais um título mundial.

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, ITAIM PAULISTA, Homem, de 36 a 45 anos, Música, Arte e cultura, Futebol

 
Visitante número: